AS NOTÍCIAS DA REGIÃO AGORA ESTÃO AQUI

AS NOTÍCIAS DA REGIÃO AGORA ESTÃO AQUI
Clique e Acesse o maior portal de Notícias de Joaçaba e Região

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Caso Andressa - Lista de livros que a menina lia aumenta mistério em torno do desaparecimento.

A Rádio Catarinense levou ao ar hoje uma reportagem sobre mais um mistério no caso do desaparecimento da menina Andressa Holtz,acontecido em julho deste ano.

Através da lista dos últimos livros lidos pela menina,locados na biblioteca da cidade de Luzerna,é possível perceber uma mudança nos títulos, oque leva a alguns questionamentos.

Leia a reportagem e para ouvi-la na integra acesse: www.radiocatarinense.com.br

Sequestro, fuga espontânea ou homicídio? O que teria acontecido com a menina Andressa Holtz que desapareceu da comunidade de linha Leãozinho, Luzerna, sem deixar qualquer pista? O caso é cercado por um grande mistério e se transformou num desafio para a polícia que não tem medido esforços para encontrar respostas para as inúmeras perguntas. Os policiais, coordenados pelo experiente delegado Ademir Tadeu de Oliveira, trabalham no caso de forma sigilosa e não divulgam detalhes do que está sendo feito para não atrapalhar as investigações.

A Central de Jornalismo da Rádio Catarinense apurou que Andressa, uma menina introvertida, tinha hábito de leitura e frequentava com uma certa frequência a Biblioteca Pública Bom Retiro. No ano passado ela resgatou para leitura 19 livros infantis. Foram leituras do tipo Chico Bento, Almanaque Dysney e Almanaque do Cascão.

Este ano, em apenas três meses, ela havia retirado 12 livros, migrando para uma leitura um pouco mais pesada. Entre os livros -Praia Fantasma, O Portal das Sombras, Fique Longe do Porão e Como Matar um Monstro.

Os dois últimos livros que Andressa leu chamam a atenção. No dia 26 de maio ela locou BEM VINDO AO ACAMPAMENTO DOS PESADELOS. O livro, destinado a um público juvenil, conta a história de um acampamento onde jovens e pessoas começam sumir de forma misteriosa.


Cerca de duas semanas depois, no dia 09 de junho, oito dias antes de Andressa desaparecer, ela locou mais um livro do gênero. O título: DORMINDO FORA. É a história de uma menina que revela um misto de alegria e medo ao ser convidada para ir para a casa de uma amiga, num roteiro que se transforma em uma grande aventura.

O último livro também desapareceu junto com Andressa Holtz.


Pelas leituras aumenta ainda mais o mistério em torno do caso. Ficam alguns questionamentos: O roteiro dos livros teria sido adaptado para a vida real? Porquê da mudança na preferência de leitura passando de histórias ingênuas para histórias com aventuras assombrosas? São mais indícios que podem ajudar na elucidação do desaparecimento que hoje completa três meses.

Fonte - Rádio Catarinense- Texto Marcelo Santos

4 comentários:

  1. Quem indicou este livros para Andressa?ela tinha acesso a internet?acho muito estranho o desaparecimento desta menina, quem pegou ela só pode ser alguém conhecido da familia!!!!! esta familia trabalha para quem???? sei que eles moram no interior do Municipio, alguém conhecido da própria comunidade ou da cidade esta envolvido pode ter certeza que vai ser descoberto.

    ResponderExcluir
  2. Tomara q descubram o q aconteceu com ela,pois já se passaram três meses,é um absurdo tanta demora pra solucionar um caso,e a família q Deus de muita força pra suportar td essa espera.

    ResponderExcluir
  3. espero que o caso seja esclarecido o quanto anntes, e deus que ajude que as pessoas que ela amava nada tenham a ver com isso.

    ResponderExcluir
  4. Estes livros podem ser a chave do mistério.Alguem do convívio dela começou a jogar algum jogo de interpretação, como RPG?
    Houve alguma mudança de algum estranho para a cidade oferecendo trabalhos de vidente?
    Em minha cidade primeiro houve uma concentração de meninos jogando RPG, em seguida as jovens passaram a comprar varios livros numa loja chamada Mundo Verde, livros estes indicados pelo 'mestre" do jogo,como o livro da Bruxa Solitária, WICCA,viamos muitos jovens se vestindo de preto e se reunindo em locais de mata, casas abandonadas, cemitários e frequentando a casa de uma "vidente", depois disto começaram a sumir meninas entre 14 a 19 anos e apareciam mortas em matas, sempre apos uma semana de desaparecimento.

    ResponderExcluir