sábado, 13 de novembro de 2010

Joaçabense Natália perto da conquista histórica com o Brasil no Mundial de Vôlei

Atleta revelada em Joaçaba tem sido decisiva na caminhada rumo ao título

Brasil e Rússia decidiram o título do último Campeonato Mundial feminino de vôlei, em 2006. Na ocasião, as russas levaram a melhor, venceram por 3 sets a 2 e garantiram o ouro. Agora, quatro anos depois, a história se repete. Depois de superarem as semifinais, brasileiras e russas serão mais uma vez as protagonistas da competição. Neste DOMINGO (14.11), a partir das 8h30 (de Brasília), no Yoyogi National Stadium, em Tóquio, as seleções disputarão a taça e posto de melhor time do planeta. A final será transmitida ao vivo das TVs Globo e Bandeirantes e do canal Sportv.

Após passar pela semifinal contra o Japão, equipe rápida e que joga com bolas baixas, o Brasil terá pela frente um time completamente diferente na decisão. “O jogo contra a Rússia será totalmente diferente. Com as russas, o jogo é mais frio, cadenciado, com bolas altas. Ao contrário do estilo do Japão, é um jogo mais de bloqueio do que de defesa. Será uma partida muito difícil. As duas equipes estão invictas. Mas estamos confiantes e vamos lutar até o último momento”, comentou a ponteira Natália, a caçula da seleção, com 21 anos.

Brasil e Rússia já se enfrentaram 49 vezes, com 26 vitórias das brasileiras contra 23 das adversárias. Se por um lado as russas levaram a melhor no último Mundial, por outro, foi o time verde e amarelo que ganhou o último confronto entre as equipes. Em 2009, na fase final do Grand Prix, o Brasil saiu vencedor e, quatro rodadas depois, conquistou o título.

Nenhum comentário:

Postar um comentário